Feugiat nulla facilisis at vero eros et curt accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril.
+ (123) 1800-453-1546
info@example.com

Related Posts

Telefone (+351) 252 682 281
Email hvanimar@animar.pt

Viagens com cães

Viagens com cães

Por vezes, as viagens de carro com cães podem ser um verdadeiro desafio.

É muito frequente, que durante as primeiras viagens de carro, o seu cão sinta stress, ansiedade e indisposição. Como tal, é muito importante, que sejam cumpridas todas as regras de transporte, para que todos possam viajar em segurança.

É muito fácil reconhecer se o seu cão está desconfortável no carro. Qualquer um destes sinais pode dar-lhe uma boa pista: inquietude, ofegar, salivação excessiva, tremores, ladrar, chorar, vomitar, urinar/defecar e tentativas de fuga.

Como transportar o seu cão

As viagens com cães exigem que certas regras sejam cumpridas. Por isso, se vai viajar com o seu cão, considere as seguintes hipóteses:

  • Utilizar uma caixa transportadora. Atualmente existem no mercado diversos tipos de transportadoras. Garanta que se adequa ao peso e tamanho do seu cão, perguntando ao seu médico veterinário. A transportadora é a solução mais comum e pode ser bastante útil. Esta solução, além de confinar o seu cão durante a viagem, também o protege em caso de acidente.

  • Cinto de segurança. Pode ser uma boa opção no caso de viagens mais longas. Assim evita que o seu cão fique na caixa transportadora muito tempo. Esta alternativa é bastante prática. Trata-se de uma trela mais curta que se prende ao cinto de segurança do carro, fazendo a ligação ao peitoral. Fácil.
  • Rede, grelha divisória ou grade para cães. Por norma, fica colocada entre os bancos traseiros e o porta-bagagens, para evitar que o cão seja projetado para a frente. Apesar de não ser tão eficaz como as apresentadas anteriormente, permite-lhe isolar o seu animal de estimação na parte traseira do veículo, não interferindo assim com a condução e promovendo a segurança. Para além disso, revela-se uma boa alternativa para quem tem cães de grande porte, que exigem mais espaço.

Antes da viagem

Aconselhe-se com o seu médico veterinário: Se tiver receio da reação do seu animal de estimação a uma viagem longa de carro, consulte o seu veterinário. Existem medicamentos e produtos (que não causam sedação), para controlar a ansiedade do seu companheiro durante a viagem. Assim, terão viagens mais calmas e agradáveis para todos. Também deverá indicar ao seu médico veterinário para onde vão. Há determinadas doenças animais mais prevalentes em determinadas zonas do país (ou outros países) para as quais deve ir prevenido. O seu médico veterinário saberá aconselhar o que fazer. Pode marcar uma visita ao Hospital Veterinário Ani Mar antes de viajar.

Como fazer a viagem

Viagens com cães não são tarefas fáceis, sobretudo se as viagens forem longas. Há que planear cuidadosamente para que tudo corra bem. No entanto, existem certos truques que podem ajudar a descomplicar esta experiência. Tais como:

  1. Passear: Antes de a viagem começar dê um passeio com ele, para que possa gastar mais energia e fazer as suas necessidades.
  2. Controle o ambiente do carro: O ambiente deve transmitir calma e tranquilidade ao cão, por isso evite ter o volume do rádio muito alto e verifique se a temperatura está apropriada;
  3. Utilize objetos conhecidos do seu cão: Na viagem leve objetos que o seu animal de estimação reconheça e associe a uma experiência positiva, para que este se sinta mais seguro e confortável, como por exemplo, um brinquedo favorito ou uma manta.
  4. Atenção à alimentação: Tal como acontece connosco, humanos, por vezes, durante as viagens, os animais também podem enjoar, principalmente depois de comerem. Por isso, não alimente o seu cão nas 3 ou 4 horas antes que antecedem o início da viagem.
  5. Paragens: É recomendável que de 2 em 2 horas façam uma paragem, para que possa fazer as suas necessidades e evitar o stress de estar muito tempo fechado no mesmo sítio.
  6. Janelas do veículo: Principalmente os cães, gostam de viajar com a cabeça de fora da janela, mas para além de não ser seguro, pode dar origem a otites ou secar-lhes a córnea. Mantenha a temperatura dentro do carro fresca e evitem as cabeças de fora.
  7. Fim da viagem: Quando a viagem termina, dê uma recompensa ao seu animal de estimação, por ter chegado ao destino final (um biscoito ou um alimento apetecível).

A solução para cães ansiosos

Podemos ajudar o seu cão a sentir-se mais confortável utilizando Adaptil Transport. Este liberta “mensagens de bem-estar” dentro do carro para criar um local seguro e protegido. Para realizar este efeito, basta pulverizar o interior do carro ou o cobertor de viagem do seu cão, 15 minutos antes da partida. Mas ATENÇÃO, nunca pulverize o seu cão directamente.

Sempre que viajar com o seu animal de estimação, é importante que esteja acompanhado do boletim de vacinas e passaporte. Qualquer dúvida, não hesite em contactar o Hospital Veterinário Ani Mar.

 

Andreia Rocha, Enfermeira Veterinária e Alexandra Cardoso, Enfermeira Veterinária, membros da equipa de enfermagem Hospital Veterinário Ani Mar

Call Now ButtonLigar Agora